O que Pokémon Go pode nos ensinar sobre negócios

Olá,

Amigos, eu estou preparando alguns artigos sobre outros temas, mas o que eu presenciei hoje, há algumas horas, me fez parar tudo e escrever pra você sobre algo surpreendente:

pessoas_jogam_pokemongo

A foto acima eu fiz hoje. Fui com meu filho ao parque que vamos quase sempre. Assim que chegamos, deparei-me com mais de cem pessoas, reunidas em pequenos grupos, espalhadas por todo o parque. Todas, sem exceção, apontando seus celulares para alguma direção. Adultos e crianças, meninos, meninas, nerds, descolados, gente de tudo quanto é jeito se divertindo com um aplicativo lançado ONTEM no Brasil: Pokémon Go.

Pessoal, isso é digno de se parar e analisar: de repente, um aplicativo mobilizou o mundo! Todos correndo atrás de personagens de um jogo de 1996 (pra ser sincero, eu só me recordava do desenho). Como diabos uma empresa (ou algumas reunidas) conseguiram tal façanha?

O que podemos aprender com o sucesso de Pokémon Go?

De cara, tudo isso se resume em uma  palavra: Ideia. Alguém pensou: “Ei, temos a realidade aumentada. Também temos geo-localização; E temos um jogo que foi adorado por quase todo o mundo há alguns anos. Que tal a gente juntar tudo isso?” Neste artigo eu comento sobre esse processo de botar a cabeça pra funcionar e ir atrás de oportunidades de negócio ainda não exploradas.

E que alguém foi esse?

– Niantic, startup interna do Google que, em agosto de 2015, tornou-se independente;

– Nintendo;

– The Pokémon Company, que é controlada pela Nintendo.

A Nintendo viu o preço de suas ações dobrar em duas semanas, desde o lançamento do App, em 06 de julho. Foi realmente uma ideia sensacional.

Não é qualquer coisa o que foi criado. Um aplicativo que consegue fazer as pessoas saírem de suas casas, marcarem de se reunir em um parque para ficar correndo atrás de bichinhos que não existem de verdade… como conseguiram isso? Quero dizer, a tecnologia estava lá, disponível, esperando apenas as mentes criativas entrarem em ação, mas é só isso que garantiu o sucesso do app?

Algumas coisas podemos destacar:

– Convergência Tecnológica – Empresas com habilidades diferentes se uniram para criar um produto único e inovador;

– Seguir a tendência de mercado – O jogo foi criado para celulares, e segue a mesma cartilha dos jogos gratiutos: Entregue o jogo com algumas funcionalidades; Venda outras. Fez-se a monetização do aplicativo.

– Emoção – Pokémon está na mente de grande parte dos usuários da tecnologia mobile nos seus 20, 30 e poucos anos. É um jogo muito famoso, que depois originou desenhos, produtos etc. Mas mesmo os mais novos foram totalmente tomados pela febre do jogo também. Mais do que esperado, haja vista que são os grandes consumidores de jogos online.

Eu só posso tirar o chapéu para os que tiveram essa incrível ideia. Parabéns e que colham os frutos de suas iniciativas!

Eu ainda não baixei. Mas tô curioso pra ver como isso funciona :). E você? Já baixou? Você estava no parque hoje? 🙂

Um abraço!

Melhorar sua vida financeira só depende de você!

Deixe uma resposta