Como encontrar boas oportunidades de negócio?

Olá,

Quer saber como encontrar uma boa oportunidade?

Bote a cabeça pra funcionar!

Pai rico dizia que Robert precisava trabalhar para aprender, não trabalhar pelo dinheiro. Isso fez com que ele e seu amigo inventassem um negócio com gibis aos 9 anos de idade.

Esteja atento às necessidades das pessoas e ao que elas podem vir a necessitar.

No livro “Os segredos da Mente Milionária”, Harv Eker comenta em um dos capítulos que ele queria montar um negócio na área de cafés. Ele queria entender como era esse mundo e conseguiu um emprego de serviços de limpeza numa confeitaria. Sim, ele ficaria encarregado de limpar o estabelecimento. Mas, como ele tinha um objetivo maior, aceitou.

Ao fim do processo, que durou algumas semanas, ele entendia tudo do negócio, mas percebeu que não era o que ele pensava. Contudo, naquele lugar ele fez amizade com um padeiro que o chamou para um evento no qual iriam apresentar um novo aparelho de ginástica. Harv diz que gostou muito do equipamento e começou a vendê-lo. Fazendo os contatos com os fornecedores, ele pode perceber que praticamente todos trabalhavam com equipamentos muito ruins. Daí ele viu uma grande oportunidade de negócio: fornecer equipamentos de ginástica melhores e mais modernos. Montou uma loja de venda de material de academia que rapidamente se expandiu e isso o tornou milionário.

Uma oportunidade que ninguém havia percebido ainda, ou que alguém até poderia ter percebido, mas não teve a atitude de ir em frente e acreditar na ideia.

Quando você está no caminho certo

alvo

Uma coisa importante: A ideia pode ser muito legal, mas aliado a isso você precisa analisar algumas coisas:

Demanda

Tem demanda pelo produto ou serviço que você irá oferecer? O WhatsApp se propôs a resolver um problema: As pessoas pagavam (e muito) para envair mensagens. Quem não gostaria de enviar mensagens sem gastar tanto e de maneira muito mais fácil? Havia uma demanda gigante por esse serviço.

Hoje você troca mensagens de maneira muito mais fácil e pagando apenas seu plano de dados. Bom pra você, horrível para as operadoras de telefonia.

Escalabilidade

Um negócio escalável é aquele que pode reproduzir, em grandes quantidades, o que gera lucro para a empresa, sem demandar recursos.

Essa ideia tem potencial de ser escalável?

Pense no Facebook ou no Uber. São negócios escaláveis. Basta divulgar a rede social ou o aplicativo e ir aumentando sua base de usuários. Obviamente, é preciso um planejamento de infraestrutura de TI para isso, mas são negócios muito escaláveis.

Diferencial Competitivo

É uma característica importante. Abrir uma loja de roupas femininas na esquina é uma coisa. Abrir uma loja de roupas femininas que ofereça um espaço exclusivo para os maridos, ou que utilize apenas costureiras locais, isso é diferencial competitivo. Você cria mais valor e conquista clientes não apenas pela briga de preços.

Seu negócio precisa viver sem a sua presença.

Claro que no início de uma ideia ou negócio, a demanda de tempo será enorme, mas seria interessante buscar maneiras de automatizar cada vez mais a sua ideia. Hoje, a internet e a computação permitem níveis altíssimos de automação. O Uber, por exemplo, funciona sem a necessidade de interação de pessoas. Você acessa um aplicativo, escolhe o itinerário, motorista, tipo de Uber etc. Tudo automatizado.

Exercitando

Um exercício que você pode fazer para tentar enxergar oportunidades: Pergunte-se o seguinte:

As pessoas precisam de quê?

E vá escrevendo…

 – Morar

Que tal trabalhar com mudanças?

Ou ainda, que tal um aplicativo de serviço de mudanças? Será que seria útil?

 – Comunicar-se

Email, facebook, whatsapp… será que tem espaço pra mais? O Pinterest não pensou assim, e está crescendo muito…

 – Vestir

Roupa, sapato, bolsa, meia, roupa de frio… veja o caso dessa empresa que vende meias. Eles viram uma oportunidade nisso. E parece que está dando certo.

 – Comer e beber

Sempre tem coisa nova nesse assunto. Cada vez mais Chefs de cozinha, confeiteiros estão ganhando mais e mais dinheiro. Uma dona de casa, em 2009, resolveu transformar uma habilidade em um negócio: fazer bolo.

Mas bolo? Há quantos anos se faz bolo?

Ela não pensou assim e criou uma franquia que só se expande no Brasil.

 – Deslocar-se

Novos carros, novas estradas, novos meios de transporte, bicicletas… que tal um aplicativo para conectar passageiros e motoristas?

Mas, se já existe táxi, então pra que um aplicativo desses?

Bom, o Uber não pensou dessa forma e deu no que deu!

 – Divertir-se

Cinema, viagem, show, jogos, brincadeiras…

– Dormir

E se você pudesse gravar os seus sonhos? OK, OK essa ideia pode demorar um pouco mais para conseguir colocar em prática… mas não seria legal? 🙂

– Ler

A tecnologia trouxe os e-books e a Amazon está rindo à toa.

– Estudar

Profusão de cursos on-line. Sabe o que é HotMart? Conhece o EduK?

 – Consumir com responsabilidade

Atitudes sustentáveis. Que tal um chuveiro que não desperdiça água fria até o aquecimento a gás fazer efeito? Ou um sistema de encanamento térmico para segurar a temperatura da água por um tempo? Pode usar a ideia!! 🙂

 – Celebrar

Festas, aniversários… que tal um serviço de buffet de festas infantis com redução de açúcares e gordura? Ainda não vi nenhum que ofereça isso.

– Cuidar da saúde

Que tal um aplicativo que liga médicos aos seus pacientes? Conheça o Beep Saúde.

 – Doar

Veja essa ideia. Um aplicativo que doa R$ 0,25 a uma instituição de caridade cada vez que você aperta o “soneca”. Sensacional!

Quando você começa a analisar tudo isso, todas as possibilidades de negócio, é possível que você vislumbre nichos que ainda não foram explorados.

Cabe a você se questionar. Sair da zona de conforto e querer arriscar.

Mas saiba que, quando você tem uma ideia sensacional, outros cinco já estão pensando a mesma coisa que você (infelizmente não me lembro a fonte dessa informação, mas provavelmente o número é até maior). Então, não basta só ter uma boa ideia, é preciso buscar formas de viabilizá-la e rápido.

Você tem uma ideia? Não sabe como ir em frente? Dá uma olhada nesse programa do Vale do Silício. O Founder Institute tem a missão de levar o Vale do Silício para o mundo. E eles estão fazendo encontros no Brasil para buscar talentos.

Eles unem o idealizador com empresas de desenvolvimento num projeto de vários dias e os escolhidos recebem mentoria por um bom tempo para levar adiante a ideia e torná-la realidade. Quem sabe você não aproveita essa chance?

Conhece alguém que está querendo empreender? Encaminhe o artigo para seus amigos, parentes. Vamos motivar mais pessoas!

Um abraço!

 

Melhorar sua vida financeira só depende de você!

2 Comentários

  1. Daniel Gaya Campero

    Muito bom artigo! Parabéns!

Deixe uma resposta